SINTRACOOP-ES

TRABALHADORES VO VOTAR PROPOSTA DE REAJUSTE





Em Assembleia Geral realizada no dia 20 de maio os trabalhadores da base do  Sintracoop ES rejeitaram a proposta patronal de reajuste salarial para o fechamento das Convenes Coletivas de Trabalho (CCT) 2017-2019 dos ramos Geral/Educacional, Agropecuria e Laticnios, Crdito, Trabalho e Transporte/monitores e Sade.  O sindicato patronal, a OCB/ES, inicialmente apresentou uma contraproposta de reajustes sobre 80% do ndice Nacional de Preos ao Consumidor - INPC, o que significa 3% de reajuste e 50% do INPC para aumento do ticket alimentao o que significa 1,72% de reajuste. Nos ltimos doze meses mdia do INPC foi de 3,34%.

Com a recusa da grande maioria dos trabalhadores, o sindicato formalizou a deciso junto ao sindicato patronal da categoria. Com intuito de melhorar os ndices apresentados, foram realizadas diversas rodadas de negociaes entre o sindicato laboral e patronal. De acordo com o presidente do Sintracoop - ES, Evaristo Lunz Gomes, para chegar a um consenso foi preciso muita responsabilidade de ambas as partes. Neste perodo de recesso, negociamos com muita cautela, pois, apesar de querermos sempre garantir maiores ndices, nos preocupamos muito com a manuteno dos empregos. Sabemos que vivemos em momentos instveis no cenrio econmico e poltico do pas e que suas consequncias refletem na classe trabalhadora, afirmou. Ainda de acordo com Evaristo, o Sintracoop ES tem trabalhado incansavelmente para que os reajustes sejam satisfatrios para todos os trabalhadores em cooperativas.

Esgotadas as tratativas, foram finalizadas as negociaes junto a OCB/ES e agora o prximo passo percorrer as cooperativas para que os trabalhadores possam votar os novos ndices para reajustes.  Pedimos aos trabalhadores que participem votando se aceitam ou no a proposta negociada. Como sindicato democrtico que somos dependemos dos trabalhadores para aceitar qualquer proposta. Contamos com a participao de todos para garantirmos ainda mais conquistas, pediu Evaristo. O vice-presidente do ramo agropecurio da entidade, Everaldo de Souza, lembrou ainda que caso os trabalhadores no aceitem as novas propostas, os reajustes retroativos data base sero respeitados. Mesmo que os ndices forem rejeitados a data base de primeiro de junho est garantida, portanto os trabalhadores recebero todos os reajustes retroativos a esta data.

CONFIRA OS NDICES:


RAMO GERAL/ EDUCACIONAL:


AUXLIO CRECHE: REAJUSTE DE 33,33%

SEGURO DE VIDA: REAJUSTE DE 20,00%

TICKET ALIMENTAO GERAL: REAJUSTE DE 4,00%

TICKET ALIMENTAO EDUCACIONAL: 10,39%

PISO SALARIAL: REAJUSTE DE 4,90%

QUEM GANHA ACIMA O REAJUSTE SER DE 3,40%


RAMO CRDITO:


AUXLIO CRECHE: REAJUSTE DE 16,67%

SEGURO DE VIDA: REAJUSTE DE 66,67%

TICKET ALIMENTAO: REAJUSTE DE 4,00%

PISO SALARIAL: REAJUSTE DE 5,38%

QUEM GANHA ACIMA O REAJUSTE SER DE 4,00%


RAMO SADE:

AUXLIO CRECHE: REAJUSTE DE 8,97%

SEGURO DE VIDA: REAJUSTE DE 66,67%

AUXLIO SADE: REAJUSTE DE 12,18%

TICKET ALIMENTAO: REAJUSTE DE 4%

PISO SALARIAL: REAJUSTE DE 4,75%

QUEM GANHA ACIMA O REAJUSTE SER DE 3,40%


RAMO AGROPECURIO:

SEGURO DE VIDA: REAJUSTE DE 10%

TICKET ALIMENTAO: REAJUSTE DE 4,33% (QUEM GANHA ACIMA DE R$ 300,00 O REAJUSTE SER DE 4%)

PISO SALARIAL: REAJUSTE DE 5,24%

QUEM GANHA ACIMA O REAJUSTE SER DE 3,40%


TRABALHO/TRANSPORTE:

AUXILIO CRECHE: REAJUSTE DE 12,50%

SEGURO DE VIDA: REAJUSTE DE 12,50%

TICKET ALIMENTAO: REAJUSTE DE 3,40%

PISO SALARIAL: REAJUSTE DE 4,90%

QUEM GANHA ACIMA O REAJUSTE SER DE 3,40%



FOTOS:




Faa um comentrio sobre a notcia

Nome:


E-mail:


( Limite de 240 caracteres. )

faltam 



Aps o envio seu comentrio ser analisado.
Aniversariantes do dia: