SINTRACOOP-ES

TRABALHADORES REJEITAM CONTRAPROPOSTA PATRONAL




TRABALHADORES REAJEITAM CONTRAPROPOSTA PATRONAL

No ltimo sbado (04/06) o Sintracoop ES realizou sua tradicional assembleia dos trabalhadores que aps os 2 anos de pandemia voltou ser realizada de forma presencial. Durante a assembleia foi apresentada aos trabalhadores a contraproposta patronal para companha salarial 2022 dos ramos de crdito, sade, geral/educacional, trabalho e transporte e agropecurio para o aditivo da CCT 2021/2023. O Sintracoop - ES protocolou no incio de abril junto a OCB-ES as propostas dos trabalhadores extrada em congresso geral, onde o sindicato patronal retornou com os ndices apresentados na assembleia.

A assembleia foi aberta pelo presidente Evaristo, que disse estar emocionado em voltar Aps 2 anos sem realizar a nossa assembleia de forma presencial, estamos felizes por estarmos de volta. O trabalho sindical rduo, estamos sofrendo muitos ataques, mas quando vemos um auditrio lotado e a confiana de vocs trabalhadores, isso nos d foras para continuar com o nosso trabalho srio, comemorou.  

Neste ano as negociaes sero realizadas a fim de firmar os aditivos da Conveno Coletiva de Trabalho, que tem validade de dois anos entre 2021 e 2023, por isso sero reajustados apenas os ndices econmicos. O presidente Evaristo explicou aos presentes a diferena entre Conveno e Acordo Coletivo e como seriam as negociaes em 2022, agradecendo a presena dos presentes. atravs da assembleia e da participao dos trabalhadores que podemos garantir nossas conquistas, onde os nossos direitos so garantidos e no retirados. Um sindicato forte que conta com o apoio da categoria. Agradecemos a todos que esto conosco aqui esta tarde, explicou.

Aps a apresentao dos ndices propostos pelo patronal os trabalhadores puderam votar se aceitariam ou no a contraproposta. A maioria dos presentes optou pela continuidade das negociaes, rejeitando os reajustes oferecidos. A partir de agora, os diretores do Sintracoop ES iro reagendar novas rodadas de negociaes para melhorar esses ndices. Agora vamos formalizar a recusa dos trabalhadores na OCB e j reagendar novas negociaes, pois somos os representantes dos trabalhadores, eleitos por eles para negociarmos, mas a deciso final sempre ser do trabalhador, afirmou o secretrio geral da entidade, Everaldo Antnio de Souza.

O evento contou com a presena da vice-governadora, Jacqueline Moraes, que parabenizou a categoria pela assembleia, pela entidade democrtica e forte que so os trabalhadores em cooperativas no estado. Como nas outras edies, ao final do evento foram sorteados diversos prmios aos trabalhadores presentes. O presidente Evaristo agradeceu a todos os presentes pela participao e deixou a assembleia em aberto at que seja tomada nova deciso sobre os reajustes previstos para os aditivos da CCT.



FOTOS:




Faa um comentrio sobre a notcia

Nome:


E-mail:


( Limite de 240 caracteres. )

faltam 



Aps o envio seu comentrio ser analisado.
Aniversariantes do dia: